Laudo aponta instabilidade em ponte da Marginal Tietê

Reprodução/SPObras

Um laudo da Prefeitura de São Paulo obtido pela GloboNews aponta que a ponte da Marginal Tietê que foi interditada há 20 dias tem infiltração, corrosão e comprometimento da estabilidade. A ponte Presidente Dutra liga a pista expressa da Marginal Tietê à Rodovia Presidente Dutra e está fechada desde o dia 23 de janeiro.

A ponte da Marginal Tietê foi interditada após a constatação de dano em uma das vigas. O laudo concluído agora cita problemas como dilatação e corrosão na armadura que ajuda a dar sustentação à laje da ponte.

O documento conta com 24 fotos da estrutura onde é possível ver os danos. Sete das imagens apontam comprometimento da estabilidade. Outras cinco fotos evidenciam problemas de infiltração.

Em nota, a Secretaria de Infraestrutura Urbana e Obras (Siurb) afirma que ainda não é possível avaliar o custo e prazo para entrega da reforma. Por se tratar de uma obra emergencial, no entanto, os trabalhos devem ser concluídos em no máximo seis meses.

A secretaria informa que a obra já foi escorada e que “estão em andamento as análises e vistorias na estrutura para que seja determinada a extensão dos danos e o melhor projeto de recuperação e reforço da viga rompida”. “Foi executada a armação e a concretagem da estrutura para futuro macaqueamento e posterior recuperação da viga rompida”, afirma em nota. Duas equipes trabalham simultaneamente, uma para produzir o laudo e a outra para realizar a recuperação da viga.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, vistoriou as obras na ponte no dia 25 de janeiro. Na ocasião, Covas afirmou que a prioridade era resolver o que fosse emergencial para devolver a ponte para a população. “Lembrando sempre que todo o esforço para devolver à população também passa por garantir a segurança das pessoas que estão aqui, trabalhando, e também para quem for utilizar a ponte quando ela for liberada”, completou.

O problema encontrado na viga da ponte da Marginal Tietê é o mesmo da ponte que cedeu na Marginal Pinheiros. A ponte do Jaguaré cedeu devido a problemas estruturais no dia 15 de novembro do ano passado e está interditada desde então.

Fonte: Portal IG