Oito em cada dez brasileiros apoiam redução da maioridade penal, diz Datafolha

G.Dettmar/CNJ

Uma pesquisa divulgada pelo Instituto Datafolha nesta segunda-feira (14) apontou que 84% dos brasileiros são a favor da redução da maioridade penal de 18 para 16 anos. O levantamento também concluiu que o índice é maior entre pessoas que votaram em Jair Bolsonaro (PSL). 

Entre os que declaram ter votado em Bolsonaro, 89% apoiam a redução da maioridade penal. Já entre os eleitores de Fernando Haddad (PT), o número cai para 76%. A mesma coisa se aplica para o partido. Ao menos 99% dos que têm o PSL como partido preferido apoiam a medida, enquanto 84% dos apoiadores do PT concordam. 

Dos que são a favor, 33% acreditam que a redução deva valer apenas para alguns crimes e 67% afirmaram apoiar que maiores de 16 anos sejam presos por qualquer tipo de infração. A pesquisa também concluiu que os homens são mais favoráveis à proposta do que as mulheres: 17% delas são contra, enquanto entre os homens o índice é de 11%. 

Os LGBTs também são menos favoráveis à redução da maioridade, na comparação com os heterossexuais. Entre os homossexuais, o índice de apoio é de 81%. Já entre os bissexuais, é de apenas 68%, enquanto 86% dos heterossexuais defendem a mudança. O mesmo vale para pessoas com maior nível de escolaridade e renda. Dos entrevistados com ensino superior, 22% são contrários à medida, enquanto entre aqueles que completaram o ensino médio, apenas 10%  não concordam.

Entre brasileiros com renda familiar acima de dez salários mínimos, 25% é contra, enquanto apenas 12% das pessoas com renda de dois a cinco salários mínimos rejeitam a medida. ​ Entre os jovens, a maioria é favorável à medida: 83%. No entanto, a aprovação é menor do que entre os mais velhos. 

Evangélicos e neopetencostais são os que mais apoiam a redução, 90% e 89%, respectivamente. Os católicos favoráveis são 84%, enquanto os que menos apoiam são os de religiões afro-brasileiras (72%) ou os sem religião. 

A pesquisa do Datafolha ouviu 2.077 pessoas, nos dias 18 e 19 de dezembro, em 130 cidades e a margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Comparado à pesquisa do ano passado, o índice de apoiadores da proposta não mudou muito. 

Durante a campanha, Bolsonaro frisou diversas vezes o seu apoio a redução da maioridade penal. Em seu plano de governo, uma das páginas também continha a frase destacada: “Reduzir a maioridade penal para 16 anos!”.

Fonte: Portal IG