Tumulto em cadeia da Lava-Jato no Paraná deixa dois agentes feridos

Google Street View/Reprodução

Google Street View/Reprodução Complexo Médico Penal é casa de alguns dos detentos da Operação Lava-Jato Detentos do Complexo Médico Penal, na Grande Curitiba, onde ficam os presos da Lava-Jato, provocaram um tumulto na manhã desta sexta-feira, deixando dois agentes penitenciários feridos. Segundo o Departamento Penitenciário (Depen) do Paraná, ao retirar um detento para atendimento médico, presos da 3ª galeria tentaram fazer um agente refém, mas a situação foi controlada.

Segundo o Depen, um  agente teve escoriações leves e foi atendido na própria unidade. Outro agente, que também estava no local, também ferido, foi atendido e passa bem. O Depen negou que haja superlotação na galeria.

Os presos da Lava-Jato ficam em outra ala do Complexo Médico Penal . Entre eles estão o ex-ministro José Dirceu e o ex-presidente da Dersa Paulo Vieira de Souza, suspeito de ser operador de propina do PSDB.

Fonte: Portal IG