Após demissão, governo anuncia novo presidente da Apex

Reprodução/ Itamaraty

O novo presidente da Apex (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Atração de Investimentos),será o embaixador Mario Vilalva. A informação foi confirmada na quinta-feira (10) pela assessoria do Palácio do Planalto.

De acordo com a equipe do Palácio, o embaixador foi recebido pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). Após a reunião, o nome de Vilalva deve ser publicado no Diário Oficial na união (DOU) como novo responsável pela Apex.

O diplomata Mario Vilalva entrou no Itamaraty em 1976, e já serviu em grandes embaixadas como Washington, Roma, Lisboa e Santiago. Entre 2000 e 2006, ele foi diretor-geral do Departamento de Promoção Comercial do Ministério das Relações Exteriores.

O novo presidente da agência brasileira vai substituir Alex Carreiro, que teve a demissão anunciada na quarta-feira (9) pelo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. No Twitter, o ministro agradeceu a "importante contribuição [ de Carreiro] na transição e no início do governo."

A demissão de Carreiro foi a primeira baixa no governo de Bolsonaro. Sua posse havia sido assinada no último dia 2 de janeiro.

Logo após ter sua demissão anunciada pelo ministro das Relações Exteriores, Carreiro cumpriu o expediente normalmente. Segundo a Apex , Carreiro realizou "despachos internos" e recebeu "autoridades de Estado".  

A Apex-Brasil esclarece que o presidente Alex Carreiro, nomeado para o cargo pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, cumpriu expediente normal na agência nesta quinta-feira (10/01), tendo efetuado despachos internos e recebido para audiências autoridades de Estado", divulgou a agência em nota.

Sem experiência na área de comércio exterior e promoção comercial, além de nunca ter ocupado qualquer cargo relevante na administração federal, Carreiro chegou à presidência da Apex por sua amizade com o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), um dos filhos do presidente.

Fonte: Portal IG