Brasil estreia bem e faz 3 a 0 em Camarões no Pré-Olímpico de vôlei feminino

Divulgação/FIVB

Divulgação/FIVB Brasil vence Camarões na estreia do Pré-Olímpico de vôlei feminino Sem sustos. Assim a Seleção Brasileira estreou no Pré-Olímpico de vôlei feminino, na tarde desta quinta-feira. Sem dificuldades, o Brasil fez 3 a 0 em Camarões (25 x 14/25 x 13/25 x 16), no ginásio do Sabiazinho, em Uberlândia. Nesta sexta-feira, às 14h15, a Seleção volta a mesma quadra para enfrentar o Azerbaijão pela segunda rodada da competição.

Leia mais: Faltando um ano para abertura, Tóquio apresenta medalhas das Olimpíadas de 2020

O Brasil começou o primeiro set errando um pouco mais do que o normal e o placar ficou apertado no início, com Camarões sempre ficando apenas um ou dois pontos atrás. Mas, após o tempo técnico, a Seleção Brasileira voltou melhor, diminuiu os erros e já abriu dez pontos: 21 a 11. Voltando de lesão, Tandara marcou o ponto que definiu a primeira parte do jogo: 25 a 14.

No segundo set, o Brasil se impôs desde o começo e não deu chances para a seleção de Camarões. No segundo tempo técnico, o Brasil já vencia por 16 a 7. As brasileiras mantiveram o ritmo durante todo o período e fecharam o set em 25 a 13, com o último ponto marcado por Bia.

O terceiro set foi o mais difícil para o Brasil. Camarões começou melhor e chegou a abrir 3 a 1. Mas logo depois as brasileiras voltaram a dominar o jogo e já viraram para 7 a 6. A partida continuou disputado até a segunda parada técnica, quando o Brasil vencia por 16 a 12. Na volta, a Seleção aumentou ainda mais a vantagem e, num erro de saque da jogadora camaronesa, o Brasil fechou o set em 25 a 16 e o jogo em 3 a 0.

A ponteira Gabi, maior pontuadora da partida, com 14 pontos, avaliou o terceiro set do Brasil e o próximo adversário na disputa por uma vaga em Tóquio 2020.

Leia mais: Ex-governador admite que comprou votos para realização das Olimpíadas Rio 2016

- Cometemos erros bobos no terceiro set, não podemos deixar isso acontecer. Mas estou muito feliz com ginásio lotado, esperamos essa energia nos próximos jogos. A equipe do Azerbaijão é mais alta, mais técnica, vai ser mais difícil do que hoje. Temos que ter inteligência - disse a jogadora ao SporTV na saída de quadra.

Azerbaijão e República Dominicana fazem o outro jogo do grupo nesta primeira rodada do Pré-Olímpico de vôlei feminino. O time que tiver a melhor campanha após as três rodadas estará classificado para os Jogos de 2020.

Fonte: Portal IG