Mulher que amarrou sinalizadores em criança é proibida de ir ao estádio do River

Reprodução

A final da Libertadores da América de 2018 ficará marcada pela confusão do último dia 24 de novembro. Além do ataque ao ônibus do Boca Juniors, o episódio da mulher que amarrou sinalizadores no corpo de uma criança, foi um dos que mais chocou o mundo do futebol.

Sem ter seu nome divulgado, a mulher foi presa dois dias depois do ocorrido pela Polícia de Buenos Aires e indiciada com base nos itens 106 e 107 do código penal argentino, que diz o seguinte.

“Quem põe em perigo a vida ou a saúde de outra pessoa, será punido com prisão de 2 a 6 anos. Caso a pena comprove abandono e coloque em grave risco a saúde da vítima, o tempo de prisão poderá ser de 3 a 10 anos. Se ocorrer a morte, a pena será de 5 a 15 anos de prisão”.

De acordo com o diário Olé, a pena para o crime em questão seria de dois anos e oito meses de prisão. Em liberdade condicional, a acusada está proibida de frequentar o Monumental de Núñez pelos próximos três anos.

Leia também:  Líder de Barra Brava do Boca Juniors é deportado ao chegar na Espanha

Além de responder processo e de da proibição de ir ao estádio do River Plate, a torcedora precisará fazer tratamento psicológico e realizar tarefas comunitárias em Buenos Aires, segundo informações passadas por seus advogados em conversa com a rádio argentina Delta 90.3.

O caso veio à tona depois que uma gravação começou a circular pela internet. Algumas ruas antes da entrada para o Monumental de Núñez, essa mulher aparece prendendo com fita adesiva vários sinalizadores no corpo de uma menina, que descobriram posteriormente ser sua filha. A mulher tem mais três filhos.

Assista ao vídeo abaixo:

Com a repercussão das imagens, o Ministério Público de Buenos Aires entrou com uma ação para que ela fosse identificada e presa. Com ajuda de um software de tratamento de imagem, a torcedora do River Plate foi encontrada por causa do relógio que usava no pulso.

Leia também:  "Pensei que fosse burro, mas ganharam de mim", diz Tevez sobre final da Liberta

Apesar do ataque ao ônibus e do caso da mulher, a final da Libertadores da América está marcada para acontecer no próximo domingo (09), no Santiago Bernabéu, na Espanha, as 17h30 horário de Brasília.

Fonte: Portal IG