Torcedores fazem piada com morte de Emiliano Sala e são presos na Inglaterra

Standard Media / Reprodução

A polícia do Reino Unido prendeu dois torcedores do Southampton que haviam feito piada com a morte do atacante argentino Emiliano Sala durante a partida contra o Cardiff City pela Premier League.

Ambos foram flagrados imitando um avião nas arquibancadas do St. Mary's Stadium, em Southampton, em direção à torcida adversária. Emiliano Sala, de 28 anos de idade, faleceu na queda de uma aeronave monomotor no Canal da Mancha, em 21 de janeiro.

Seu corpo só foi retirado do mar na última quarta-feira e reconhecido no dia seguinte. O argentino havia acabado de fechar sua transferência do Nantes, da França, para o Cardiff City, do País de Gales, por 17 milhões de euros, contratação mais cara na história do time galês.

"O Southampton confirma que dois torcedores foram presos. O clube continuará colaborando com a polícia para identificar as pessoas que tenham cometido gestos indecentes contra os torcedores do Cardiff. Tal comportamento não tem espaço no clube e não será tolerado", disse uma nota oficial da equipe inglesa.

Os dois torcedores foram banidos do estádio St. Mary's Stadium por três anos. A partida terminou com vitória do Cardiff por 2 a 1.

O corpo resgatado no dia 6 de fevereiro em meio aos destroços do avião desaparecido desde 21 de janeiro era mesmo de Emiliano Sala. Ele foi retirado do mar, no Canal da Mancha, e exames comprovaram ser do jogador argentino, informou a imprensa britânica.

Em comunicado, a Agência de Investigação de Acidentes Aéreos da ilha de Guernsey, no Reino Unido, confirmou a operação que utilizou o navio Geo Ocean 3 e confirmou que o corpo  é do atacante argentino.

"Em condições desafiadoras, a AAIB e seus especialistas contratados recuperaram com sucesso o corpo visto em meio aos destroços. A operação foi conduzida do modo mais digno possível e as famílias foram informadas do progresso", dizia o texto.

O avião voava de Nantes, na França, para Cardiff, no País de Gales, e levava apenas duas pessoas: Emiliano Sala e o piloto David Ibbotson, que segue desaparecido. A viagem ocorreu logo depois de o jogador fechar sua transferência do Nantes para o Cardiff City e seria apresentado ao time no dia seguinte.

Fonte: Portal IG