Canil da PM, Força Tática e ROCAM fazem apreensão de drogas na zona sul de SP

divulgação/canil da PM

Com objetivo de reduzir os indicadores criminais, aumentar a percepção de segurança da população e diminuir o número de mortes e acidentes,  a Polícia Militar de São Paulo lançou a Operação Rodovia Mais Segura. Mais uma vez o Canil da PM teve uma missão de destaque.

No início da noite dessa quinta-feira (31), os Policiais do 27° BPM/M (Batalhão de Polícia Militar Metropolitano) solicitaram o apoio do Canil da PM para uma incursão na favela do Iporanga, zona sul da capital. O local é conhecido pelo forte movimento do tráfico de drogas.

Com base em informações da inteligência da PM, os Policiais realizaram um cerco na favela e logo que adentraram conseguiram prender três criminosos que estavam fazendo tráfico na área.

Após a abordagem, os PMs questionaram os três presos sobre a procedência da droga. Os criminosos apontaram uma rua onde havia uma casa que servia como ponto de armazenamento.

Sem a certeza de qual casa seria o depósito, os Policiais colocaram os cães Ching, Dara e Debby para fazer a busca do material. Não demorou muito para os trio do Canil apontar duas residências que serviam como ponto de armazenamento, refino e embalagem de drogas.

No primeiro barraco apontado pelos cães, os Policiais prenderam uma mulher que estava guardando a droga. Dentro das duas casas os Policiais encontraram: 23,906 kg de maconha; 31,736 kg de cocaína e 3,062kg de crack. Além disso, duas máquinas seladoras e cadernos de contabilidade do tráfico de drogas também foram apreendidos. A ocorrência foi encaminhada para o 101º Distrito Policial.

São seis raças: Pastor Alemão, Pastor Holandês, Pastor Belga Malinois, Rottweiler, Bloodhound e Labrador. As missões de cada raça são divididas de acordo com suas habilidades específicas, como: faro, resistência, inteligência e agressividade.

Um Labrador, por exemplo, não é indicado para fazer policiamento ostensivo, porque geralmente não possui a agressividade necessária. Normalmente, o Labrador é usado para farejar entorpecentes e explosivos. Já o Pastor Belga Malinois é utilizado pelo  Canil da PM para policiamento e também faro. O Bloodhound tem aptidão para busca de pessoas.

Fonte: Portal IG