São Paulo tem mês com menor número de assassinatos desde 2002

Major PM Luis Augusto Pacheco Ambar

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) do Estado de São Paulo divulgou na tarde desta terça-feira (25) os índices de criminalidade. De acordo com as medições, SP registrou no mês de agosto de 2018 um total de 233 homicídios dolosos, o menor número de vítimas desse tipo de crime em um único mês na série histórica iniciada no ano de 2002.

Com trabalho de investigação e policiamento ostensivo, a Polícia de São Paulo conseguiu apresentar uma redução de 75% nesse tipo de crime frente ao ano de 2002 que teve 912 casos de assassinato.

"Vamos continuar trabalhando para reduzir esse número ainda mais", afirma o secretário de Segurança, Mágino Alves Barbosa Filho, que lembrou que os resultados são fruto do investimento do governo em tecnologia e também do trabalho dos Policiais.

Os roubos também tiveram uma queda significativa. Em 2018, a queda foi de 15% nos índices registrados em relação ao ano passado. Os roubos de carros apresentaram uma diminuição de 17% no mesmo período.

Outro número expressivo foi a redução de 40% nos crimes de roubo a banco. As ações contra esse tipo de ocorrência são de alto risco para os Policiais e para a população. Pensando nisso a PM do Estado de São Paulo realiza treinamentos quase reais nas ruas da capital. O crime de latrocínio apresentou uma queda de 29%, enquanto ou roubo de cargas teve uma diminuição de 18% no período analisado.

Por outro lado, os casos de estupro cresceram 10%. Neste ano, foram 1.735 ocorrências no Estado de São Paulo, cerca de sete a cada dia.

Saiba como acionar a Polícia Militar do Estado de São Paulo

1) Ligue “190” para emergências Policiais, ou no “193” para Bombeiros.

2) Pessoas com deficiência de audição e fala podem usar nosso sistema de SMS de emergência, baseado nas palavras e sintaxe do LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais); entretanto elas precisam se cadastrar previamente, o que pode ser feito em qualquer Unidade da Polícia Militar.

3) Turistas americanos e europeus podem discar “911” ou “112”, os respectivos números de emergência dos Estados Unidos e da União Europeia, e serão atendidos por profissionais fluentes em inglês e espanhol. Se necessário, temos acesso direto com todos consulados.

4) As ocorrências de barulho, como pancadões, funk, etc., podem e devem ser denunciadas para o COPOM pelo site de Polícia Militar do Estado de São Paulo: www.policiamilitar.sp.gov.br

Fonte: Portal IG