Criança autista ganha 'Netflix personalizada' de internauta, após sofrer crises

Reprodução/ Facebook

Um caso de compaixão moveu as redes sociais neste final de semana. Uma mãe fez um pedido desesperado no Facebook para que a empresa Netflix colocasse de volta no catálogo o filme 'Procurando Nemo', já que seu filho autista de seis anos estava tendo crises desde o primeiro dia de janeiro por não encontrar seu filme favorito. O pedido foi atendido, mas não pela empresa de streaming.

Sensibilizado pelo relato de Fernanda Torres, o analista de suporte técnico Rodrigo Lima, de 22 anos, dedicou dois dias para gravar o filme personalizado com um menu parecido com o da Netflix, possibilitando que o pequeno Miguel pudesse assistir ao seu desenho favorito repetidamente como se estivesse assistindo pelo serviço online.

A conversa entre os dois nos comentários das redes sociais ganhou repercussão entre os internautas, que elogiaram a atitude do analista ao tentar ajudar a criança, que mora com a mãe em Sorocaba, em São Paulo, e foi diagnosticado com autismo aos dois anos de idade.

Segundo a mãe, o menino assiste à animação todos os dias e havia passado por várias crises desde o início do ano, quando não encontrou mais o filme disponível no catálogo do serviço. “O problema é o padrão quebrado, ele assistia no menu da Netflix, e agora não aparece mais. Ele está que só chora e reclama”, afirmou Fernanda nas redes sociais.

A animação ' Procurando Nemo' conta a história de um peixe palhaço que se perde do pai e desaparece no oceano. O pai, Marlin, desesperado vive altas aventuras com sua amiga Dory para resgatar o filho 'sequestrado'. Em 2017, a Disney anunciou o plano de lançar uma plataforma de streaming com conteúdo próprio neste ano, motivo de a empresa não ter renovado seu contrato com a Netflix.

Fonte: Portal IG