Malas de viagem: veja 10 dicas para você organizar a sua e evitar contratempos

shutterstock

Fazer as malas de  viagem nem sempre sai como o esperado. De saber o que pode colocar para embarcar no avião com sua bagagem de mão a descobrir o melhor jeito de organizar a sua bolsa, essa etapa da preparação de uma viagem pode ser bastante estressante, principalmente quando não se tem a ajuda de alguém.

Por isso, o "iG Turismo" separou 10 dicas para você não ter mais problemas na hora de preparar as malas de viagem. Com as orientações desta lista em mãos, você terá muito menos problemas ao enfrentar as burocracias nos aeroportos por causa de bagagem e passará menos estresse tentando encaixar a última peça de roupa na mala.

Saber bem como é o clima do lugar para onde você está indo é a primeira dica para não ter problemas organizando sua mala. Se vai para destinos mais frios, tenha em mente de que as roupas ocuparão mais espaço, e o aumento na quantidade de bagagem pode deixar o despacho mais caro do que o esperado.  Veja aqui como organizar melhor suas malas de acordo com o destino.

Mesmo que ela muitas vezes passe despercebida pelos olhos dos viajantes, a etiqueta que fica nas laterais das malas (ou, no caso de algumas, nas alças) é essencial para evitar contratempos na sua viagem.

Seja como forma de combater furtos ou ajudando a agilizar a recuperação de uma mala extraviada, identificar sua mala com nome, número de telefone e endereço é essencial para evitar estresse.

Outra forma de diminuir o impacto de imprevistos como extravios e furtos é tirar uma foto dos pertences mais valiosos que colocar nas suas malas. Assim, você terá como provar o valor da sua bagagem para o seguro, caso seja necessário.

Se quiser se prevenir ainda mais, você pode declarar à companhia aérea que coisas você colocou na sua bagagem quando estiver fazendo o check-in. A atendente deverá lhe entregar uma cópia assinada, e ficar com outra para a companhia.

E para que você possa identificar suas malas de viagem com mais facilidade em meio à multidão, vale a pena considerar colocar alguns acessórios como fitas e adesivos, ou até mesmo comprar uma bolsa de um modelo ou cor diferentes da maioria. Se quiser mais dicas como essa e as duas anteriores, clique na matéria abaixo:

Se a sua mala for extraviada, a primeira coisa que você deve fazer é ir até o balcão da companhia aérea responsável pelo seu voo, e registrar uma reclamação sobre o ocorrido. Mas tenha paciência, porque o processo de recuperação das suas malas de viagem pode ser demorado. Você pode saber mais detalhes a respeito do assunto nesta matéria.

Ao invés de simplesmente abarrotar tudo o que vai levar em uma mala só, planeje como irá organizar a bagagem. A prioridade é separar os itens que serão absolutamente necessários, e deixar de lado aqueles que são apenas complementares.

Fazendo isso, você eliminará o excesso de objetos, e conseguirá mais espaço para colocar cada coisa que for levar na viagem. Para outras dicas de como organizar sua bagagem, você pode conferir esta matéria.

Utilizar estes dois truques pode te ajudar a economizar muito espaço nas suas malas de viagem. Os sacos a vácuo podem ser usados para colocar casacos e outras peças de grande porte e mais resistentes, que vão no fundo da mala.

Já os saquinhos para as roupas servem como uma forma de separar os tipos de vestimenta (roupa íntima, pijamas, camisetas, bermudas etc.) que você e sua família estão colocando na bolsa, deixando tudo mais organizado. Para outras dicas como esta, basta ler a matéria abaixo:

Você sabia que pode encaixar mais de 100 itens numa simples mala de mão para levar consigo no voo? Como revelou a atriz Rachel Grant no YouTube, existem alguns truques simples para você conquistar esta proeza.

Um deles é organizar coisas como peças de roupas em rolinhos ou bolinhas, para economizar o máximo de espaço na sua bagagem de mão. Se você quiser saber mais sobre os truques de Rachel, basta clicar aqui.

Embora existam regras específicas da ANAC para as bagagens de mão (como o limite de peso de 10kg), cada companhia aérea tem sua própria política com relação ao assunto. Antes de viajar, vale levar em conta essas regras, que incluem um tamanho máximo para as malas com que você vai embarcar.

Na maioria dos casos, são aceitas bolsas de até 35 cm de largura, 55 cm de altura e 25 cm de profundidade. Outra coisa a se levar em conta são as restrições dos tipos de itens pessoais que podem ser levados a bordo. Para mais detalhes, clique aqui.

Outra coisa a se levar em consideração na hora de arrumar a sua mala são as restrições alfandegárias que cada país e algumas companhias aéreas impõem sobre os vôos internacionais, principalmente no caso das bagagens de mão.

Uma visita às páginas oficiais da alfândega dos países que você pretende visitar no futuro é um bom jeito de conhecer mais sobre as restrições, que vão desde itens comprados nos free shops de outras nações até a quantidade de líquido que você pode carregar.

Além disso, nos sites das principais companhias aéreas, também é possível encontrar informações a respeito do que eles proíbem ou permitem que os passageiros levem nas suas malas de viagem.

Fonte: Portal IG